>

terça-feira, 19 de julho de 2016

Diz que disse| O pêlo e o cabelo crescem mais fortes quando são cortados?

Tal como a muitas de vocês, este é um mito que me perseguiu a vida toda. Passo a explicar: 

Quando era miúda queria ter o cabelo igual ao da Pocahontas. E como se não bastasse a natureza estar contra mim, ao dar-me uma cabelo volumoso e encaracolado, toda a gente à minha volta contribuía para o meu fracasso ao dizer que se o cortasse ia, e passo a citar, "crescer mais rápido e mais forte". Resultado: Nunca cheguei a ter o cabelo igual ao da Pocahontas, e nunca mais acreditei neste mito.

Uns anos mais tarde, já na adolescência, voltei a ouvir isto, mas numa outra versão. Mais adulta, mas com o mesmo fundamento: fazer a depilação com a lâmina ou creme de barbear faz o pêlo engrossar. Voltei a não acreditar, mas neste caso "a coisa" parecia mais evidente. Mas não por causa da lâmina, e sim pela alternativa...

Ainda assim, a questão impõe-se: Porque é que parece que quando cortamos o pêlo ele cresce mais rápido e forte? Depois de alguns anos de biologia e uma boa dose de pesquisa, deixo-vos as conclusões a que cheguei :)

Como cresce o pêlo ou cabelo?


O cabelo cresce de acordo com um ciclo de 4 fases (imagem à direita).

A duração e o número de cabelos em cada uma destas fases podem ser afetados por fatores que afetam o bolbo capilar, como carências nutricionais, alterações hormonais, ou até pelas estações do ano, como já foi falado em detalhe aqui

É importante referir que o cabelo não não é constituído por células que possam contactar com o folículo piloso e transmitir-lhe informação, mas sim por fibras proteicas como as de queratina, que não são material vivo.


MITO| Cortar o pêlo ou cabelo faz com que cresça mais rápido
O corte de cabelo com uma tesoura ou lâmina não é capaz de estimular o seu crescimento na raíz. 

No caso do cabelo, em especial quando está muito grande, pode parecer que o cabelo cresce mais rápido. Isto acontece porque embora ele cresça à mesma velocidade, a mesma quantidade de cabelo tem mais impacto no comprimento do que teria quando o cabelo estava mais comprido.

Já quando falamos do pêlo facial ou corporal que é aparado, isto não passa de um mito por uma razão muito simples: o pêlo que volta a "crescer" não é nada mais nada menos do que o mesmo pêlo que foi cortado. Por isso, e ao contrário do que acontece quando o pêlo é arrancado, é natural que sejam preciso apenas alguns dias para que a parte do pêlo que não foi cortada e permaneceu dentro do folículo apareça à superfície.


MITO| Cortar o pêlo ou cabelo faz com que cresça mais grosso 

O que na verdade acontece, é que quando cortamos o pêlo com uma lâmina, parte desse pêlo permanece dentro do folículo, e fica com uma ponta mais achatada. Isto faz com que o pêlo pareça imediatamente mais largo do que um pêlo de extremidade afunilada.

Além disso, muitas vezes o pêlo é aparado na zona em que é mais largo. Estas razões fazem também com que a depilação por corte contribua para o aparecimento de pêlos encravados quando os cortam.

Por outro lado, o momento em que começamos a depilar-nos pode coincidir também com fases da vida em que o pêlo tende a naturalmente engrossar, que podem ser a adolescência, a menopausa, a andropausa, ou aquando de alguma outra alteração hormonal.


MITO| Cortar o pêlo ou cabelo faz com que cresça mais escuro 

Quando o pêlo atinge a superficie do folículo passa a estar sujeito à luz, ao atrito, a detergentes, e a outros fatores que o podem afinar ou até clarear. Já o pêlo que sai do interior do folículo esteve completamente protegido dessas agressões, além de poder até parecer mais grosso, como já vimos no ponto de cima.

Por isso, é natural que o pêlo que nasce pareça sempre, e possa até ser mais escuro. Mas não é o corte em si que estimula o seu escurecimento.


FACTO| A depilação a cera faz com que o pêlo cresça mais lentamente e se torne mais fino, ou até que deixe de crescer

Neste caso, a depilação pode afetar definitivamente a espessura e o tempo de crescimento do pêlo porque ao contrário do corte, aqui todo o folículo é arrancado.

Por um lado, isto faz com que o bolbo capilar demore mais tempo a construir um novo folículo que possa originar um pêlo. Por outro lado, e após muitos anos de depilação a cera, pode acontecer que muitos bolbos capilares se danifiquem e não consigam gerar novos pêlos.

Sem comentários: