>

sábado, 3 de dezembro de 2016

La Roche Posay Redermic [R]


Algumas leitoras contactam-me por email ou facebook à procura de produtos para a acne adulta, e a minha resposta é quase sempre a mesma: Redermic R. Bom, ligeiro, e muito bem tolerado. Mas se o comprarem na farmácia, não estranhem se a pessoa que o vender ficar escandalizada quando disserem que sim, querem este produto para vocês, e não, ainda nao têm 60 anos.

domingo, 27 de novembro de 2016

Óleos vegetais pt.2| Propriedades de cada um



Esta publicação tem como objetivo ser um guia para quem gosta de óleos e precisa de uma pequena ajuda antes de comprar algum produto.

Como já vos disse na publicação anterior, os óleos vegetais são constituídos essencialmente por triglicerídeos. Há exceções, naturalmente. Mas são os ácidos gordos que fazem parte destes triglicerídeos aqueles que mais ditam as propriedades e aplicabilidade de cada óleo.

Além dos triglicerídeos, os óleos vegetais podem conter também esqualeno, ácidos gordos livres, vitaminas, e uma série de outras substâncias que contribuem mais ou menos para os seu efeitos na pele.

Assim sendo, deixo-vos algumas informações sobre os óleos vegetas mais comuns:

sábado, 19 de novembro de 2016

5 motivos para alterar a vossa rotina (e como fazê-lo)

Esta publicação dirige-se tanto às pessoas que não usam quase nada, como àquelas que usam de tudo um pouco. Não é surpresa para ninguém que eu me incluo neste último grupo, e já por várias vezes tive que deixar de utilizar algum produto por ser demasiado agressivo para a minha pele. Afinal de contas, ninguém me mandou usar ácido glicólico a 10% todos os dias...

De uma maneira geral, produto ou uma rotina podem não ser os mais adequados para nós por vários motivos: tipo de pele, frequência de utilização errada, variações hormonais, sensibilidade da pessoa, interação outros produtos que estejamos a usar... uma série de outras coisas que podem acontecer na nossa vida.

Por isso, hoje falo-vos dos motivos mais comuns para alterarem produtos no vosso dia-a-dia, e de como planear essa mudança.

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Inimigos da pele | Tabaco



Antes de mais, esta publicação não tem como objetivo julgar ou criticar quem fuma (se bem que pode ser um belo icentivo para quem quer deixar de o fazer...)

Mas a verdade é que dentro de cada cigarro está uma grande e complexa mistura de substâncias, na sua maioria nocivas para a saúde do organismo, e que afetam também a saúde da nossa pele.

Sabem de que forma?

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Óleo de limpeza The Body Shop Chamomile


Já vos falei acerca destes óleos aqui, mas na verdade nunca tinha experimentado nenhum. Primeiro porque tenho pele mista, e instintivamente prefiro produtos à base de água. Depois, porque uso pouca maquilhagem e até hoje tenho-me dado bem com os desmaquilhantes bifásicos. Entretanto fui a Londres, encontrei este produto por 8£... e esta lógica foi por água abaixo.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Contém... Niacinamida (vitamina B3)


É uma das publicações mais lidas de sempre, e por isso achei que seria interessante mostrar-vos alguns produtos que contêm este ingrediente. E olhem que não foi fácil encontrá-los, pelo menos com boas concentrações...

Ao contrário da publicação desta série que fiz sobre os retinóides, a niacinamida dispensa disclaimer. (Exceto a recomendação clássica de procurarem um dermatologista sempre que suspeitarem que têm um problema saúde sério.)

Como vos falei detalhadamente deste ingrediente aqui, passo já para o prato principal:


sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Anatomia de um rótulo #6 | Alegações


Vogue Paris Outubro 2007

As alegações são todas aquelas informações que um fabricante transmite ao consumidor sobre o seu produto, e que no fundo são a única forma que tem de o convencer comprar esse, e não o da concorrência.

Por vezes pode parecer mesmo que a rotulagem dos cosméticos não tem quaisquer regras, e que as marcas nos mente a toda a hora. Mas para além de isso não ser verdade, se lermos atentamente os rótulos e anúncios publicitários percebemos também que o que lá está escrito raramente é falso...

Tal como os produtos cosméticos às quais se referem, as alegações são reguladas pela Comissão Europeia e monitorizadas em Portugal pelo INFARMED. Desta vez falo-vos de algumas dessas regras, e que nos últimos anos têm vindo a ser cada vez mais "apertadas". Mas acima de tudo, alerto-vos para ler os rótulos com muita atenção.