>

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Diz que disse| O cabelo habitua-se ao champô?


MITO| "O champô deixou de funcionar com o meu cabelo"

Na verdade o cabelo não é capaz de desenvolver qualquer tipo de resistência aos produtos capilares, ja qu a haste do cabelo não é sequer uma estrutura viva.


Ainda assim, quando usamos o mesmo champô por muito tempo pode parecer que o cabelo reage de maneira diferente à aplicação deste produto com o somar das lavagens. Isto pode acontecer por motivos diferentes com champôs para cabelo seco/danificado ou com champôs para cabelo oleoso, como será detalhado mais à frente.

MITO| "O champô é capaz de mudar radicalmente o aspeto da cabeleira"


Por outro lado a sensação de que "o champô deixa de funcionar" pode dever-se ao facto de termos expectativas demasiado altas em relação aos resultados que um champô nos pode dar. Lembro-me perfeitamente de ser criança e passar imenso tempo na secção dos champôs à procura do produto perfeito para domar os meus caracóis, mas na verdade nunca tive muita sorte :P

Se o cabelo é naturalmente fino e liso dificilmente ficará volumoso apenas usando um champô, bem como um cabelo espesso e frizado não ficará mais disciplinado graças apenas a um produto de lavagem.

O champô deve ser sempre escolhido de acordo com o tipo de couro cabeludo, seja este seco, normal, oleoso, ou ainda com caspa. Da mesma forma, o amaciador deverá responder aos problemas da haste capilar (pontas do cabelo). 

Partindo do princípio que escolhe o champô certo, pode ainda assim não ficar satisfeita com os resultados da lavagem e precisar de fazer algumas adaptações:

O que acontece? 


  • Champô para cabelo seco/danificado, que deixa o cabelo oleoso e pesado
Estes champôs podem ter vários nomes, e por vezes torna-se confuso distinguí-los. De um modo geral estão aqui incluídos todos os produtos que têm como objetivo a reparação do cabelo, redução do volume, limpeza e condicionamento (2 em 1), e produtos que ajudam a alisar ou pentear. 

Os champôs direccionados para estes problemas contêm sempre uma percentagem relativamente elevada de ingredientes condicionadores, que ajudam a amaciar, pentear e a selar as cutículas. No entanto, estes ingredientes não são totalmente removidos pelo champô entre as lavagens. E uma vez que os champôs são aplicados desde a raíz, já que a sua função é lavar o couro cabeludo, tendem estes ingredientes tendem a acumular-se ao longo do tempo deixando o cabelo com um aspeto oleoso, pouco limpo ou até sem volume

Se após a lavagem com o champô usa ainda um condicionador, máscara de hidratação e quando sai do banho coloca óleos ou outros produtos de styling, o aspeto pesado pode ainda agravar-se.

SOLUÇÃO

Se o seu cabelo acumulou resíduos de lavagens anteriores será necessário usar um champô "purificante", que não contém ingredientes condicionadores e irá lavar o cabelo eliminando todos resíduos anteriores. 

Quando sentir o seu cabelo novamente limpo, pode alternar o champô purificante com aquele que já usava, usando o purificante ao fim de duas, três ou quatro lavagens com o champô que já tinha. A frequência com que usa cada produto dependerá do aspeto do seu cabelo. Em alternativa, pode trocar o champô que usava para cabelo seco/danificado por um champô para cabelo normal, que à partida deixará menos resíduo.

Se sentir que o cabelo fica mais seco aposte sim num condicionador dirigido para esse problema, ou escolha um produto para aplicar no final da lavagem como um óleo, creme, mousse ou spray.

  • Champô para cabelo oleoso, que deixa o cabelo seco

Provavelmente escolheu este champô porque o seu cabelo se torna sujo pouco tempo depois das lavagens ou tem pouco volume. 

Os champôs para cabelo oleoso têm uma grande capacidade de limpeza do couro cabeludo, acabando também por remover uma parte do sebo que cobre os cabelos e os protege das agressões diáras, sejam elas vindas do ambiente, do ato e pentear, ou até da fricção entre cabelos. Por isso, quando o cabelo é comprido e o efeito destes champôs não é devidamente compensado por um  produto amaciador, estes podem acabar por tornar a haste seca, frizada, áspera ou até espigada.

SOLUÇÃO

Para devolver o aspeto saudável ao cabelo existem várias alternativas:
  • Usar um amaciador para cabelo seco, aplicando-o apenas no comprimento seco ou danificado
  • Usar um produto de styling reparador após a lavagem (óleo, creme, spray, etc.) 
  • Alternar um champô para cabelo normal com o seu champô para cabelo oleoso
Se o couro cabeludo tende a ser muito oleoso a primeira alternativa será a mais pertinente, mas caso isto não seja suficiente para amaciar a haste capilar pode ainda adicionar a segunda alternativa. A terceira alternativa não é muito indicada se a oleosidade é muito acentuada, mas pode recorrer a ela em caso contrário, ou quando já tentou as anteriores mas o cabelo continua muito seco.

Sem comentários: