>

sábado, 19 de novembro de 2016

5 motivos para alterar a vossa rotina (e como fazê-lo)

Esta publicação dirige-se tanto às pessoas que não usam quase nada, como àquelas que usam de tudo um pouco. Não é surpresa para ninguém que eu me incluo neste último grupo, e já por várias vezes tive que deixar de utilizar algum produto por ser demasiado agressivo para a minha pele. Afinal de contas, ninguém me mandou usar ácido glicólico a 10% todos os dias...

De uma maneira geral, produto ou uma rotina podem não ser os mais adequados para nós por vários motivos: tipo de pele, frequência de utilização errada, variações hormonais, sensibilidade da pessoa, interação outros produtos que estejamos a usar... uma série de outras coisas que podem acontecer na nossa vida.

Por isso, hoje falo-vos dos motivos mais comuns para alterarem produtos no vosso dia-a-dia, e de como planear essa mudança.

Inflamação recorrente

Se a vossa pele se encontra constantemente vermelha, com prurido ou a descamar, é sinal de que poderão estar a utilizar um ou mais produtos pouco indicados para o vosso tipo de pele ou grau de sensibilidade. 

Geralmente isto acontece quando usamos produtos com fragrâncias, óleos essenciais mas também ácidos concentrados (glicólico, salicílico, látco, etc.) , retinóides ou até produtos de limpeza com grande ação detergente e que façam espuma.

Para ter a certeza de qual o produto que causa a a inflamação, devem começar por retirar aquele de que mais suspeitam, que geralmente é o último que foi adicionado ou aquele que contém mais ingredientes sensibilizantes, e acompanhar a reação da pele. Se o aspeto melhorar ao fim de uma ou duas semanas, e quando voltam a introduzí-lo a pele ficar novamente inflamada, é porque esse produto não é indicado para a vossa pele, ou que precisam de reduzir a frequência com que o usam.


Idade

Podemos prevenir o envelhecimento da pele desde sempre. Aliás, isso começa por usar protetor solar todos os dias... Mas ao longo dos anos, a nossa pele começa a ter diferentes necessidades, e é natural que seja necessário mudar também os produtos que usamos. 

Na adolescência, quando a pele se torna mais oleosa, começamos a usar produtos que limitem o aparecimento da acne. No entanto, com o aproximar da idade adulta, a pele torna-se mais seca e é necessário começar a usar produtos cada vez mais mais nutritivos. À medida que envelhecemos, e a pele perde firmeza ou aparecem as primeiras rugas pode ser interessante usar um produto refirmante, que tensione a pele.


Época do ano ou clima diferente

Isto dependerá também rotina que já têm, e dos problemas de pele que pretendem resolver. Quem tem tendência para desenvolver manchas, por exemplo, deve reforçar proteção solar no Verão ao longo do dia. Até porque passamos sempre mais tempo no exterior... Nesse caso, há produtos de maquilhagem e outros que podem ser adicionados à rotina. Falei-vos deles aqui.

Já no Inverno, e sobretudo para quem tem pele seca, pode ser necessário reforçar hidratação utilizando produtos mais nutritivos.

Tal como nas diferentes épocas do ano, os vários climas podem exigir cuidados diferentes. Aliás, o nosso tipo de ele depende bastante das condições de humidade e temperatura do local em que vivemos.


Pele fica demasiado seca/desidratada ou oleosa

Por vezes isto acontece quando começamos a utilizar um novo produto. E na maioria dos casos, o ideal é voltar a utilizar algo em que confiemos. 

No entanto, e se gostamos mesmo desse produto por algum outro motivo, é possível tentar outras formas de o continuar a utilizar sem prejudicar a pele. 

Quando um produto não é tão hidratante como desejaríamos, podemos sempre usar um sérum hidratante antes de o aplicar; ou caso se trate de um produto de tratamento (em que queremos uma máxima absorção dos ingredientes), podemos sempre reforçar a hidratação com um creme hidratante mais nutritivo à posterior. É de realçarque um sérum, mesmo que seja hidratante, não será suficiente para hidratar a longo prazo uma pele seca.

Já quando o produto deixa a pele oleosa, o ideal será mesmo trocá-lo, sobretudo quando há tendência para desenvolver borbulhas. Ainda assim, podem sempre começar por tentar utilizar uma menor quantidade, espalhando-o melhor por todo o rosto; ou reservá-lo para os dias em que a pele se encontra mais desidratada.



Aumento de borbulhas e/ou pontos negros


Isto acontece sobretudo a quem tem ou teve tendênca para a acne, embora haja também haja borbulhas que são causadas somente por inflamação ou alteração do balanço hormonal. Estas geralmente não têm pus (cabeça amarela/branca), e aparecem em zonas do corpo ou pessoas que não têm uma grande tendência para excesso de sebo.

Seja qual for o caso, e se o problema estiver em alguma produto, não ha volta a dar. Precisa de ser retirado.

Se não souberem que produto vos está a causar borbulhas, podem usar a técnica da "Inflamação recorrente". Mas quando se trata do desenvolvimento de borbulhas de origem acneica, terão que esperar mais ou menos um mês para ter a certeza de qual é aquele que está a provocar o seu aparecimento. Por isso, neste caso comecem por retirar o hidratante, já que é aquele que mais facilmente causa oclusão.




Sem comentários: