>

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Diz que disse| Há uma idade certa para usar produtos anti-idade?

Hidrata a sua pele diariamente?
Usa protetor solar sempre que sai de casa?
Se sim, provavelmente sabe que já faz o mais importante :)

Normalmente, começamos a cuidar da pele durante a adolescência, quando as primeiras borbulhas aparecem.

Mas inevitavelmente, com o passar do tempo, a pele acaba por ser tornar mais seca, baça e menos elástica. Já a idade a partir da qual alguns destes sinais do envelhecimento começam a ser visíveis dependerá de muitos fatores, que variam desde características genéticas até ao local e à forma como vivemos. E por isso, quando as primeiras rídulas aparecem no contorno nos olhos e da boca, talvez seja interessante acrescentar outros produtos à sua rotina de beleza.

Mas quando deve começar?



Envelhecimento intrínseco vs extrínseco

O envelhecimento intrínseco é aquele que acontece com o passar do tempo, e depende sobretudo das características genéticas de cada pessoa. Há pessoas cuja pele tem mais tendência para enrugar  do que outras, e as peles mais escuras tendem a estar naturalmente protegidas. Estima-se que aproximadamente a partir dos 21 anos, a produção de colagénio diminui cerca de 1%. Entre outras funções, esta proteína é responsável por conferir firmeza da pele.

Já o envelhecimento extrínseco depende unicamente dos seus hábitos de vida, sendo que os mais prejudiciais são o tabagismo, a exposição solar desprotegida e a alimentação desiquilibrada.

Por isso, dependendo de cada pessoa, os primeiros sinais de envelhecimento poderão aparecer em diferentes idades.


Então... Devo começar já?

Sim, sem dúvida!

  1. Deve começar imediatamente por prevenir, usando diariamente um protetor solar com um FPS igual ou superior a 30. Aproximadamente 80% dos sinais visíveis de envelhecimento se devem à exposição solar desprotegida!
  2. Quanto ao uso de outro tipo de cuidados anti-envelhecimento, devem ser tidos em conta alguns aspetos:
    • Passou muito tempo ao sol sem proteção solar durante a sua vida?
    • A sua pele é clara?
    • Apresenta manchas?
    • Já tem rugas de expressão?
Se respondeu afirmativamente a todas ou grande parte destas perguntas, e se o envelhecimento da pele é uma preocupação para si, talvez deva começar a usar produtos anti-idade. 

Que produtos escolher?


Embora as gamas anti-idade dividam os cuidados por faixas etárias, há pelo menos duas situações que devem ser pensadas:
  • Nem sempre esta classificação é a mais correta para todas as pessoas. Se tem 22 anos e já apresenta rídulas no contorno dos olhos, não faz sentido esperar até aos 25 ou 30 para começar um cuidado anti-envelhecimento.
  • Nem sempre os produtos destinados às idades mais jovens contêm aqueles ingredientes que mais eficácia demonstraram até hoje, e quando os contêm muitas vezes as concentrações em que estes se encontram são desconhecidas ou não nos permitem garantir eficácia

Por isso, esta escolha deve ser pensada caso a caso, e poderá variar de acordo com o o seu tipo de pele, tendo em conta a oleosidade sensibilidade (que pode restringir o uso de alguns ingredientes), mas também os sinais de envelhecimento que já apresenta e sobre os quais quer atuar (rídulas, manchas, secura, etc.).

No geral, os ingredientes ativos que mais eficácia demonstraram até hoje foram  principalmente os retinóides, a vitamina C, a niancinamida e os alfa-hidroxiácidos. No entanto, a eficácia de cada produto não depende apenas deles, mas também da sua concentração e capacidade de se manter ativo e chegar às camadas de pele onde deve atuar quando inseridos na fórmula final. 

Para complicar ainda mais a situação, há uma infinidade de novos produtos a chegar ao mercado, que não só trazem consigo novos ingredientes, como também novas maneiras de formular e estabilizar ingredientes que até hoje era pouco eficazes.

Mas não se preocupem, mais tarde abordarei este assunto em detalhe :)

Sem comentários: