>

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Cabelo seco pt.2| Cosméticos


O cabelo seco pode tornar-se demasiado volumoso, frizado, ou até espigado. Ao contrário da pele, o cabelo não é constituído por células vivas, e por isso o dano nele inflingido é irreparável.

Mas felizmente uma boa seleção de produtos pode dar ao cabelo uma melhor proteção, um aspeto mais brilhante, mais facilidade ao pentear e um toque mais macio.


1.
Champô

O champô tem como objetivo principal limpar o couro cabeludo, e não a haste do cabelo. Por isso, e ainda que o seu cabelo seja seco no comprimento, se o seu couro permanece oleoso ou até sofre de caspa, deverá utilizar um champô adequado para esses problemas.

Já se o seu couro cabeludo for normal a seco, e sobretudo se tem que lavar o cabelo todos os dias, poderá optar por um champô adequado para esse tipo de problema. Os champôs para cabelos secos ou danificados usam tensioativos mais suaves e ingredientes condicionadores que tornam a lavagem mais suave e protegem o cabelo.

2.
Condicionador ou máscara
Se tem cabelo seco deverá dirigir a sua atenção para estes produtos, uma vez que a sua aplicação se limitará à haste.

Ambos permitem revestir a cutícula do cabelo, evitando que as suas escamas se levantem, ou quebrem.

Os ingredientes responsáveis por esse efeito são:





  • Tensioativos catióticos (carga positiva), Polyquaterniums, -ium;
  • Álcoóis gordos (que têm características diferentes do etanol), stearyl alcoholcetyl alcohol, etc;
  • Silicones, geralmente Dimethicone, dimethiconol, cyclomethicone, amodimethicone
  • Proteínas hidrolizadas/ aminoácidos;
  • Polímeros, PVP, etc.

  • Uma vez que parte do produto deverá permanecer no cabelo após a lavagem (ao contrário do champô), é muito importante:
    • Remover o excesso de água que fica após enxaguar o champô. Desta forma garante que o produto condicionador não é diluído, e contacta diretamente com o cabelo
    • Aplicar o produto uniformemente por todos os cabelos, massajando-o por alguns minutos (como na imagem à direita). Este gesto é até mais produtivo do simplesmente respeitar o tempo de espera.
    Quando o cabelo é muito seco e grosso, poderá justificar-se o uso de uma máscara em detrimento do condicionador em todas as lavagens. Este tipo de produto, de maior consistência, tende a ser mais eficaz do que o condicionador para os cabelos mais rebeldes, permitindo um melhor controlo. Já se tem um cabelo seco mas fino, ou se pretende usá-lo encaracolado, o uso de um produto pesado pode deixá-lo com um aspeto oleoso ou torná-lo mais liso.
    3. (Opcional)
    Produtos leave-on

    Este tipo de produto é usado no cabelo enxugado com a toalha, e poderá ser especialmente interessante para cabelos secos. Pode ter várias finalidades (muitas delas sobreponíveis às do condicionador) :
    • Ajudar a desembaraçar;
    • Ajudar a alisar ou encaracolar, mantendo a forma do penteado por mais tempo;
    • Proteger o cabelo do calor do secador e dos instrumentos de modelação (ferro de alisar, curler, etc). Este produto atenuará o dano que as temperaturas elevadas e as placas podem provocar.
    • Prevenir o aspeto frizado, que resulta da electricidade estática que se gera ao pentear ou em ambientes mais húmidos;
    • "Reparar" as pontas espigadas, reunindo-as de novo (pelo menos até à próxima lavagem...);
    Estes produtos podem aparecer sob a forma de séruns, cremes, óleos, bálsamos ou sprays.

    4. (Periodicamente)
    Tratamentos intensivos


    Estes são especialmente recomendados após a coloração, alisamento, permanente ou qualquer tipo procedimento que possa danificar o cabelo, uma vez que permitem um maior preenchimento e revestimento das zonas danificadas do cabelo.

    Ao contrário dos condicionadores e máscaras, estes tratamentos deverão permanecer no cabelo por algumas horas.


    5. (Opcional)
    Óleo de côco

    É um dos poucos óleos que penetra a cutícula e atinge o córtex do cabelo, fortalecendo-o desde o interior. É melhor aplicá-lo isolado, já que os produtos que o contêm são geralmente pouco concentrados.





    Pt.1

    Sem comentários: