>

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Acne pt.4| Produtos recomendados


Antes de mais, preciso de ser honesta convosco: a acne é uma patologia bastante complexa, e difícil de tratar. Requer consistência, paciência... e muitas vezes medicamentos. Por isso, é natural é que em muitos casos não consigam resolvê-la apenas com cosméticos. Ainda assim estes produtos podem ajudar, e muito! 

Nesta publicação dou-vos algumas sugestões de produtos disponíveis no mercado adequados ao tratamento da acne, e que contêm boas concentrações de ingredientes ativos. São apenas indicações. Não têm que comprar tudo, nem devem deixar de procurar um dermatologista quando necessário.

E mais uma vez, vamos ser francos: não é realista esperar por bons resultados de qualquer rotina antes de 4 a 6 semanas de tratamento, o período a renovação completa da pele.

Além disso, alguns tratamentos (sobretudo os menos cosméticos e mais "medicalizados") podem ser ligeiramente irritantes nas primeiras 2-3 semanas, e por vezes é preciso cortar na frequência ou quantidade de aplicação. Também para isso vos deixo alguns produtos de suporte no final.

Os produtos estão segmentados por tipos de acne, uma vez que a intenção era mostrar-vos o maior número possível. Mas muitas vezes, na maioria mesmo, é possível usar o mesmo produto em mais do que um caso...

Para perceberem um pouco melhor este problema, e quais as estratégias e ingredientes mais indicados para o resolver podem consultar as publicações anteriores.

Limpeza
Todos os dias

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, uma pele acneica precisa de tudo menos de uma limpeza agressiva. Não, não é suposto que a pele fique completamente seca ou "decapada" depois de enxaguar. Isso só vai agravar a inflamação já existente. 

Antes da limpeza, podem (e devem) retirar a maquilhagem com um desmaquilhante específico. Não precisa de ser adaptado, desde que o enxaguem bem.
  • Géis



Garnier PureActive Gel de Limpeza Matificante
Surpreendentemente suave e barato. Não tem perfume, mas tem extrato de eucalipto que é perfumado e poderá ser irritante para algumas pessoas. Contém algum ácido salicílico.

O básico dos básicos. Limpa, e nada mais.

Suave, com uma ligeira concentração de Zn PCA e gluconolactona

Limpeza delicada e muito agradável. Podem ler a review aqui.

  • Tratamentos ressecantes/ pele sensível e desidratada

Quem toma isotretinoína ou tem a pele particularmente irritada e descamativa por qualquer outro motivo pode precisar de um produto de limpeza ainda mais delicado.

  • Óleos de limpeza
Ok, eu sei que parece que vos estou a parecer bipolar. Especialmente por não ter falado sequer em águas micelares ou leites, que podem parecer bem mais apropriados para quem sofre de acne. Mas a verdade é que cada vez mais pessoas defendem o uso de óleos na pele acneica antes de surfatantes de bases aquosas, ou em substituição dos mesmos (esta abordagem é mais "arriscada"). E porquê? Porque os óleos de limpeza dissolvem o sebo da pele com uma ligeira ação detergente, removem a maquilhagem, protetor solar resistente à água; podendo ser emulsionados e eliminados quase na sua totalidade. Podem perceber melhor como funcionam aqui.

Não garanto que seja a abordagem ideal para todas as pessoas, até porque o que é comedogénico para uma pessoa pode não o ser para muitas outras. Mas deixo-vos aqui alguns óleos que poderão ser usados por todos os tipos de pele, inclusivamente acneicas; e que poderão perfeitamente limpar com outro produto de seguida.


Clinique Take the day Off Cleansing Oil

The Body Shop Óleo de limpeza



Esfoliação

Aqui têm duas opções, os géis/máscaras esfoliantes e os tónicos esfoliantes.

Os primeiros serão enxaguados, e aplicados 1 ou 2 vezes por semana, ou até menos, dependendo da sensibilidade e necessidade da pele. Embora muitos dos géis esfoliantes contenham micropartículas, não é aconselhável esfregar uma pele que se encontra sensibilizada, como acontece nas situações de acne inflamatória. Nesse caso, e como todos contêm esfoliantes químicos, é preferível aplicá-los na pele, deixado atuar por alguns minutos.

Já os tónicos podem ser aplicados diariamente com um disco de algodão após a limpeza. Podem fazê-lo todos os dias ou em dias intercalados, e de preferência à noite. Mais uma vez é um jogo entre sensibilidade e necessidade. Muitas vezes, estes produtos têm também ingredientes com ação adstringente, que ajudam a reduzir a aparência dos poros por algum tempo.


Clean & Clear Esfoliante diário
Barato, com uma boa concentração de ácido salicílico. Não o utilizem diariamente.


Esfoliação com retinóide e limpeza absorção de gordura pelas argilas

Esfoliação ácida e absorção de oleosidade por argila


Paula's Choice Clear anti-redness regular strenght solution
Esfoliação com ácido salicílico e hidratação

Pixi Glow Tonic
Boa concentração para iniciar um produto com ácido glicólico. Contém também extratos adstringentes e calmantes

Esfoliação ácida maioritariamente com ácido lático, menos sensibilizante, com uma percentagem reduzida de ácido glicólico e salicilico. Alguma ação seborreguladora.


É necessário algum cuidado com o uso acumulado de géis/máscaras e tónicos esfoliantes na vossa rotina, uma vez que uma esfoliação excessiva pode irritar a pele.

Por outro lado, devem ter cuidado se usam produtos de tratamento que também contenham ácidos. Nesse caso, passem à frente os esfoliantes, ou optem por tónicos menos concentrados. E tenham sempre atenção à forma como a pele reage.

Uma ligeira vermelhidão e formigueiro podem ser benéficos. Ardor e eritema persistente não.


Hidratação e tratamento

Nesta fase mostro-vos várias opções; os hidratantes funcionais, "tudo em 1", ou os séruns, mais concentrados. 

No caso de usarem estes séruns, reservem-nos para a noite ou apliquem um bom protetor solar à posteriori, tenham eles retinóides ou não. Também neste caso, e para não correr o risco de sobrecarregar a pele com ativos esfoliantes, podem conjugar os séruns com algum hidratante em que confiem ou com um dos hidratantes leves que vos mostro na secção de suporte.

É natural que muitos destes produtos possam ser usados tanto na acne retencional como na acne inflamatória. Dou-vos apenas referências.

Se já vos foi prescrito algum tratamento farmacológico podem saltar este passo.
Senão, ou se apenas o aplicam uma vez por dia, deixo algumas sugestões.

  • Acne retencional
Hidratantes


YOUTH LAB Balance Mositure Cream
Um dos produtos com mais niacinamida que podemos encontrar no mercado, e uma galénica excelente. Já o experimentei, e podem conhecê-lo melhor aqui.

Martiderm REG WS
Esfoliante, mas também antioxidante.

Bioderma Sébium AKN
Utiliza o ácido cítrico, que é também um AHA, e conjuga-o com o gluconato de zinco e ácido salicílico para uma ação seborreguladora.

Séruns


Contém vários ácidos que atuam em sinergia

Elevada concentração de ácido glicólico, e por isso apenas para a pele não sensível

Contém uma mistura de ingredientes que ajuda simultaneamente a esfoliar a pele mas também a reduzir a oleosidade

  • Acne inflamatória e mista
Nestes casos, o ideal é consultar um dermatologista que possa avaliar a necessidade de prescrever medicamentos, e que podem ir desde uma pílula anticoncecional até a um retinóide oral. Quando não há prescrição, existem algumas opções cosméticas.
    • Retionoides 
É óbvio que podem usar retinóides na acne retencional, já que não há nenhum outro ingrediente que funcione tão bem a reduzir a produção de sebo e a esfoliar a pele em simultâneo. Mas por uma questão prática, e já que são mais vantajosos quando há lesão inflamatória, decidi colocá-los aqui. 

Para ganhar alguma tolerância, uma vez que são ingredientes muito sensibilizantes, pode começar-se por usar estes produtos 3 vezes por semana, e caso a pele não reaja ir aumentando a frequência de uso semanalmente, se possível até conseguir usá-los todos os dias.

Além disto, estes ingredientes tornam a pele mais vulnerável à exposição solar. Assim, devem alterná-los com os produtos não retinóides de manhã. Caso não queiram investir em mais produtos, podem optar por produtos que contenham outros ingredientes ativos repetindo a aplicação de manhã e à noite.

Se fazem esfoliação com ácidos em concentrações elevadas intercalem-nos com os produtos contendo retinóides.

Hidratantes


La Roche Posay Redermic R
Não é um produto específico para a acne mas tem uma boa concetração de retinóides, e está disponível num creme para todos os tipos de pele.

Avène TriAcnéal EXPERT
Provavelmente a única alternativa dirigida para peles acneicas disponível em Portugal. 

Retinol puro e bisabolol, que é calmante e pode ajudar a reduzir a sensibilidade cutânea.


Séruns



O ácido azelaico reduz a formação de lesões inflamatórias, e o ácido glicólico esfolia a superfície da epiderme. O ácido azelaico atua também sobre as manchas escuras.

Sesderma Retises 0,25% Gel
Outro produto antienvelhecimento, mas que contém uma concentração interessante de de retinol. É um gel, e por isso pode é bem aborvido tal como um sérum.

The Ordinary Granactive Retinol 2% emulsion
Contém um derivado do retinol menos sensibilizante, reduzindo assim as reações adversas a estes ingredientes

Mais uma vez, podem conjugar estes séruns com um hidratante ligeiro ou qualquer um dos que vos sugiro na secção de suporte.

Mais do que qualquer outra pessoa, quem usa retinóides tem que usar proteção solar.

    • Não retinóides 


Hidratantes

Contém uma concentração de gluconolactona reconhecida pela sua ação comedolítica, e uma concentração de niacinamida de eficácia comprovada no tratamento das lesões inflamatórias.

Boa concentração de niacinamida, e também um ação seborreguladora e antimicrobiana

Com niacinamida numa concentração igualmente boa, e alguns ingredientes ativos que ajudarão a desobstruir os poros e atenuar a inflamação da pele


Proteção solar



É essencial até, e sobretudo, para quem tem acne porque radiação pode não só agravar a inflamação, mas também o aparecimento de cicatrizes.

E porque não usar produtos para a acne com fator de proteção solar? Porque nesses produtos a concentração de ingredientes ativos nunca será suficiente, nem tão pouco a sua absorção.

Estes protetores são extremamente leves, têm uma ligeira ação matificante e podem mesmo servir de primer de maquilhagem.

Quase líquido e fácil de aplicar.

Matificante, leve e seco durante todo o dia. É o protetor que mais aconselho, e podem ler a review aqui.

Muito agradável de usar. Tem cor, mas depois de aplicado torna-se invisível. Também fiz review aqui.



Suporte
  • Tratamento localizado
O peróxido de benzoílo, medicamento de venda livre, é o produto de excelência para o tratamento de borbulhas e quistos. 

No entanto, se este medicamento vos sensibiliza muito a pele podem optar por alternativas mais cosméticas.

Benzac 5% (50 mg/g)
Comedolítico, antiinflamatório e antimicrobiano. Ah! E barato.

The Body Shop Tea Tree Oil
Boa concentração de óleo de Malaleuca, antimicrobiano e comedolítico eficaz a partir de 5%.

Esfoliação ácida e cobertura num só produto

A ação calmante da calamina reduz a inflamação, em combinação com o derivado do ácido azelaico (baixa concentração) e o gluconato de zinco. A cânfora confere também alguma ação antissética.

Quatro ingredientes ativos em concentrações excelentes, mas pouco elevadas demais para aplicar por todo o rosto. Começar a usar uma vez por ia, e ir aumentado apenas se for bem tolerado.

  • Papéis matificantes
Práticos e baratos. Absorvem a oleosidade excessiva que vai aparecendo ao longo do dia.
Essence All about matt!

KIKO Blotting Papers

Sephora Papiers Matifiants poudrés
Estes papeís têm pó, e por isso podem não ser a alternativa mais indicada para quem tem pele escura ou faz a aplicação sem espelho
  • Óleos
Sim, óleos. Embora não sejam a opção mais óbvia para quem tem acne, nem todos os óleos têm ação comedogénica para toda a gente. Além disso, os óleos vegetais são excelentes fontes de ácidos gordos, alguns deles essenciais, que podem ajudar não só a melhorar a capacidade hidratante da pele, como também a manter o seu pH ácido.

Usar um óleo pode ser repulsivo, e até não funcionar para muita gente. Mas se quiserem experimentar esta abordagem, deixo-vos algumas sugestões.


Skin Owl Beauty Drops Lavender
Contém óleo de argão, hidratante e antioxidante, mas o maior benefício está no óleo de lavanda, que tem uma ação antimicrobiana

Esthederm Intensive Retinol óleo
Tem retinol e ácidos gordos essenciais, sendo por isso uma opção muito interessante.

Sunday Riley Luna
Este óleo contém um retinóide, e por isso pode ser uma opção muito interessante para quem tem acne e quer investir num óleo que também atue nesse sentido. É também constituído por uma série de óleos vegetais hidratantes, de absorção rápida, e até com ação antimicrobiana. No entanto, esta fórmula tem também alguns óleos perfumados que podem ser irritantes para as peles mais sensíveis.


  • Tratamentos ressecantes
Se tomam isotretinoína ou têm a pele ressequida e descamativa por qualquer outro medicamento ou motivo, estes hidratantes podem ser uma ajuda preciosa para acalmar a pele, sem correr o risco de desenvolver mais borbulhas.


Noreva Exfoliac Creme reparador


  • Lábios

Um dos efeitos secundários da isotretinoína é também a secura dos lábios. Se tomam ou vão começar a tomar, é importante ter um bom produto para hidratar os lábios.




  • Hidratantes ligeiros
Estes produtos podem ser conjugados com séruns, ou utilizados quando a pele se encontra desidratada. É possível que precisem de um destes durante o Inverno, e no caso de abusarem de produtos esfoliantes ou com elevadas concentrações de álcool.





  • Sprays calmantes
Sempre que a pele se encontrar vermelha ou descamativa podem aplicar um destes sprays.

Calmante e seborregulador




Já experimentaram algum destes produtos?
Quais são os que mais gostam?

6 comentários:

Lígia Antelo disse...

Adorei o post Marta!
Super esclarecedor e boa indicação de produtos ☺️
Já usei uma boa parte desses produtos e uns adoro outros detesto, como é o caso do effaclar duo+ E do concentrado bifasico da Lierac. Felizmente, a neostrata sempre satisfez as minhas necessidades. ☺️☺️
Parabéns por mais uma publicação fantástica!!!

Marta Ferreira disse...

É natural, por acaso tanto para um como para o outro já ouvi opiniões muito positivas de quem já utilizou. Mas porque não gostaste?

Filipa disse...

Olá Marta!
Excelente post. Tenho acne há mais de 10 anos e já experimentei a maioria dos produtos que indicaste. Felizmente tenho o "problema" controlado, mas é sempre bom ler opiniões e recomendações. Quando puderes faz um post sobre bases adequadas para quem padece dese problema: ainda não consegui encontrar a ideal. Um beijinho!

Filipa disse...

Olá Marta!
Excelente post. Tenho acne há mais de 10 anos e já experimentei a maioria dos produtos que indicaste. Felizmente tenho o "problema" controlado, mas é sempre bom ler opiniões e recomendações. Quando puderes faz um post sobre bases adequadas para quem padece dese problema: ainda não consegui encontrar a ideal. Um beijinho!

Marta Ferreira disse...

Quais foram os teus preferidos? :)
Experimenta a Dermablend da Vichy. É uma base especialmente desenvolvida para esconder o aspeto e o volume das lesões acneicas :)

Lígia Antelo disse...

O effaclar tornava a minha pele mais oleosa e com mais pontos negros. O concentrado da Lierac deixava me a cara arder, muito vermelha e havia zonas que pareciam queimaduras.