>

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Touche Éclat Yves Saint Laurent| revisão






O que é?
Pode ser usado como corretor de olheiras, embora tenha uma cobertura muito leve, mas é sobretudo um iluminador. Aplica-se nos pontos luminosos da cara que queremos realçar.


Composição
Aqua, Cyclomethicone, Glycerin, Talc, Paraffinum Liquidum (Parafina líquida), PEG/ PPG-18/18, Dimethicone, Magnesium Sulfate, Trideceth-3, Methicone, Methylparaben, Squalane
(Corantes específicos para cada produto)

Opinião

É já um clássico no mundo da maquilhagem, e por isso falar dele pode parecer um pouco redundante.

Mas como já faz parte dos meus "básicos" e não foi propriamente amor à primeira vista, decidi mostrar porque é que o adoro :)

Lembro-me perfeitamente da primeira vez que vi o Touche Éclat numa página de publicidade da VOGUE. Foi numa altura em que houve uma verdadeira "vaga" de iluminadores, e na época achei estes produtos completamente inúteis, e o Touche Éclat em particular pareceu-me demasiado caro. Embora a minha opinião relativamente ao preço não tenha mudado (daí a estrelinha em falta ali em cima), depois de o experimentar (para perceber o "hype") tenho uma visão completamente diferente.

Uso-o fundamentalmente como iluminador, desde o canto interno do olho até metade do cortorno inferior, e acima das maçãs do rosto (como na imagem acima). E por incrível que pareça, faz toda a diferença!
Deixa o todo rosto mais fresco, a pele mais viva e o sorriso mais luminoso. Nota-se especialmente no Inverno, quando a pele está mais desidratada e baça, e quando os dias não são tão luminosos. Pelo mesmo motivo, também não o dispenso quando saio à noite.

Da primeira vez comprei-o na cor nº1.5. Mas quando acabou e voltei à perfumaria, a funcionária disse que a cor nº2 era mais indicada para mim.

Agora só preciso de ganhar coragem para deitar fora a caneta gasta...

Sem comentários: