>

quinta-feira, 9 de dezembro de 2021

Nuud desodorizante


Não me recordo de alguma vez me terem pedido tanto uma review de um produto! Por isso, assim que a Catarina o voltou a ter em stock na Loja Do Zero decidi comprá-lo para testar. Correndo o risco de tornar este blogue um tanto ou quanto monotemático, visto que a última publicação também se debruçou sobre um desodorizante, vamos lá falar um pouco acerca deste produto que está a fazer tanto sucesso nas redes sociais!




O que é?

Um desodorizante

Alegações

Eficácia média de 7 dias


Composição

caprylic / capric triglyceride, ricinus communis seed oil, zinc oxide, prunus amygdalus dulcis oil, stearalkonium bentonite, polyglyceryl-3 diisostearate, hydrogenated castor oil, copernicia cerifera cera, propylene carbonate, microsilver

Preço


Opinião

O Nuud é um desodorizante, e por isso tem como objetivo reduzir o odor associado à transpiração sem interferir minimamente na humidade axilar, como acontece com os antitranspirantes, que retardam (mas não impedem) a excreção do suor. Será isto uma vantagem? Não necessariamente, porque é o mecanismo de ação dos antitranspirantes que os torna tão eficazes. Além disso, não há qualquer preocupação real em termos de segurança relativamente a estes produtos, independentemente daquilo que qualquer marca diz para vender os seus produtos “alternativos”. Porém, há quem prefira mesmo assim evitá-los, e isso explica o sucesso de produtos como o Nuud.

Embora seja pouco apologista de apoiar marcas que sobrevivem unicamente através do marketing do medo, e esteja muito satisfeita com o meu antitranspirante habitual, que não chega a €2, não consigo resistir a qualquer coisa que soe remotamente a inovação. E é aqui que o Nuud se distingue dos restantes desodorizantes do mercado. Ao invés de se tratar de uma fórmula carregada de perfumes, álcool, óleos essenciais, e outros clássicos desta categoria, o Nuud consiste numa pasta oleosa, com pós de ação absorvente, como são as argilas e o óxido de zinco, e prata micronizada, de ação antimicrobiana. Desta forma. a formulação do Nuud permite inibir o crescimento de microrganismos na zona axilar, já que estes são estes que transformam o suor, praticamente inodoro, numa secreção de odor desagradável. Mas, segundo a marca, o Nuud tem ainda outra vantagem: a sua ação antimicrobiana será tão eficaz que não será necessário aplicá-lo todos os dias, o que se traduziria numa aplicação mais económica e ecológica. Além disso, a embalagem pode ser compostada em compostores industriais, mas se não tiverem acesso, a loja Do Zero, onde comprei, encarrega-se disso.

E aqui vamos à pergunta por que todos esperam: É mesmo eficaz? Diria que para a maioria das pessoas, sim... Mas não sempre. Ora vamos lá: Cá em casa usámos os dois este produto por algumas semanas, reaplicando apenas quando sentíamos que já não estava a fazer efeito. No meu namorado, a eficácia do Nuud durou cerca de 3 dias, segundo ele, sendo que a aplicação não foi das mais agradáveis. Já comigo, que transpiro menos, a eficácia foi em dias normais de 3-5 dias, sem grandes reclamações quanto à aplicação. Mas aqui há uma diferença: ao contrário do meu namorado, que se desloca de carro para o trabalho e passa a maior parte do dia num ambiente controlado, o meu dia pode começar com uma viagem de carro, uma viagem de metro, duas viagens de autocarro, e um dia passado num edifício de temperatura muito variável. Noutras palavras: mesmo não transpirando muito, as motivações para transpirar são algumas, sendo que em dias mais complicados, o Nuud não me garantiu os 3 dias de eficácia média. E é aqui que o Nuud não bate nenhum antitranspirante, nem me garante tanta segurança.

Ponderados todos estes aspetos, recomendo o Nuud a pessoas que procurem ter uma rotina de cuidados mais sustentável, que não transpirem muito e que tenham um dia-a-dia mais ou menos regular em termos de variações de temperatura ou stress.

Sem comentários: