>

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

J.F. Lazartigue Cabelos pintados shampoo & condicionador



Agora que uso o cabelo curto, nunca fica particularmente seco. No entanto, e uma vez que o pinto cabelo há alguns anos, tenho a preocupação de usar produtos capilares que não contribuam para um desbotamento rápido da cor, e que preservem a saúde da fibra capilar.

Por isso, quando a J.F. Lazartigue me oferceu estes produtos para teste; achei que fazia todo o sentido!




O que é?

Uma dupla champô+amaciador para cabelo pintado


Alegações

Prolonga a duração da cor e luminosidade do cabelo
Hidrata a fibra capilar
Sem silicones

Preço

Champô: €13-20 por 150mL
Amaciador: €15-23 por 150mL


Ingredientes

  • Champô
Aqua (purified water), sodium lauroyl glutamate, cocamidopropyl betaine, decyl glucoside, propanediol, diglycerin, propylene glycol, acrylates/c10-30 alkyl acrylate crosspolymer, kaolin, citric acid, parfum (fragrance), xylitylglucoside, sodium benzoate, xanthan gum, cassia hydroxypropyltrimonium chloride, anhydroxylitol, ethylhexylglycerin, polyquaternium-7, xylitol, camellia oleifera seed oil, linalool, sodium hydroxide, limonene, geraniol, camellia japonica flower extract, tocopherol.
  • Amaciador

Aqua (purified water), behentrimonium chloride, cetearyl alcohol, glycerin, cetyl alcohol, myreth-3 myristate, dicaprylyl carbonate, camellia japonica flower extract, camellia oleifera seed oil, ceteareth-33, glycine soja (soybean) oil, isopropyl alcohol, tetrasodium edta, saccharide isomerate, tocopherol, citric acid, propanediol, sodium citrate, potassium sorbate, sodium benzoate, geraniol, limonene, linalool, parfum (fragrance).

Opinião

O processo de coloração ocorre em várias fases (a review começa no parágrafo seguinte): primeiro, dá-se o destacamento da cutícula capilar, de modo a que tanto o descolorante (peróxido de hidrogénio, que destrói a melanina) como os corantes sejam depositados no córtex. Para isso usa-se frequentemente amoníaco, ou sais de amónio que dão origem a este gás; e mais recentemente começou a usar- se outras substâncias básicas inodoras como o carbonato de sódio e a etanolamina. Após a entrada dos corantes, estes reagem entre si, também por ação do peróxido de hidrogénio; formando pigmentos de maiores dimensões, e que terão mais dificuldade em abandonar o córtex capilar. No final da coloração, usam-se condicionadores de pH ácido contendo ingredientes de ação amaciadora, que ajudarão a selar a cutícula. No entanto, esta dificilmente recuperará sua integridade inicial, sobretudo se o cabelo já estiver danificado e com porções de cutícula quebrada.

Tudo isto para vos explicar as propriedades que procuro nos champôs e amaciadores que uso: o primeiro terá necessariamente que conter uma base lavante suave, que não prejudique a integridade da fibra; e o segundo terá que conter uma quantidade adequada de ingredientes amaciadores, semelhante a uma máscara; que mantenham a cutícula encerrada e que impeçam a sua degradação após colorações consecutivas. O facto de pintar o cabelo com pigmentos de cor vermelha, com dimensões particularmente reduzidas; faz com que a cor desbote mais rapidamente, o que reforça a necessidade de procurar um champô suave.

E os produtos J.F. Lazartigue da gama para cabelos pintados parecem ir de encontro a todas estas necessidades.

O champô de textura semelhante a um gel contém apenas tensioactivos suaves, sendo que nenhum deles pertence ao grupo dos sulfatos. Desta forma, consegue-se um produto de ação detergente moderada, e que faz pouca espuma; não deixando os cabelos completamente desprovidos de lípidos. Outra característica interessante deste produto é o facto de não conter grandes concentrações de ingredientes amaciadores, impedindo que estes se depositem na raíz, onde o champô é mais dirigido; e que tornem os cabelos menos volumosos. Pelo facto de não fazer muita espuma, e para não desperdiçarem produto; recomendo que repartam bem a quantidade habitual de champô em vários pontos da cabeça, massajando de seguida.

Já o amaciador é um verdadeiro creme, mais fácil de espalhar do que o anterior; e que parece ser totalmemente "absorvido" pelo cabelo húmido. Nesta formulação podemos encontrar sim uma concentração elevada de um ingrediente amaciador (2ª posição); bem como ingredientes emolientes que facilitarão o espalhamento do produto durante a aplicação. Embora ambos os produtos contenham óleo de camélia, a sua concentração será superior no amaciador; fornecendo ácidos gordos ómega-6 e antioxidantes que segundo a marca protegerão a fibra capilar. A marca destaca ainda a ausência de silicones no champô e amaciador, ao contrário do que é comum neste tipo de produto. Uma vez mais, isso permitirá evitar que os cabelos percam volume ao minimizar a acumulação de resíduos na fibra capilar. E na verdade, os cabelos ficam bastante soltos após o enxaguamento; mantendo-se hidratados e saudáveis entre colorações.

Falemos então daquilo que mais importa, pelo menos para mim: o desbotamento. Este parâmetro não é nada fácil de medir, nem mesmo comparando fotografias; porque a intensidade da cor está relacionada com a luz incidente no cabelo. A minha perceção é de que esta dupla permitiu manter a cor por um pouco mais tempo 1 mês após a realização da coloração, e em comparação com um champô+condicionador de marcas de cabeleireiro; mantendo o mesmo número de lavagens por semana. Contudo, ressalvo a falhabilidade desta avaliação.

De uma forma geral, considero que estes produtos são muito interessantes, agradáveis de usar; e penso que se adaptarão para todos os tipos de cabelo (oleoso a seco) que se encontrem pintados. Para cabelos especialmente secos, existe também uma máscara desta gama, sendo que qualquer máscara para cabelo seco ajudará neste ponto. Se têm cabelos pouco volumosos ou com tendência a perder volume quando usam formulações para cabelos pintados e petendem investir mais neste aspeto; recomendo particularmente estes produtos. Ambos os produtos têm a garantia de ser "vegan".

Sem comentários: